Retrospectiva 2017 – Rogéria Santos participa de ato em combate à violência contra a mulher em Salvador (BA)

“Nosso objetivo é fazer com que as mulheres identifiquem as formas de violências e conheçam as maneiras de ter o atendimento e o socorro em caso de violência”, explica Rogéria Santos

#Dezembro – A vereadora Rogéria Santos (PRB) participou, no sábado (9), de mobilização em combate ao preconceito pela cor da pele, que pode acarretar em várias outras formas de violência, dentre elas a da mulher.

Mulheres e homens, usando turbante, adorno símbolo de resistência e empoderamento feminino, ocuparam o Píer do Dique do Tororó durante o ato organizado pelo projeto Mulheres em Ação.

Rogéria, que faz parte da Comissão dos Direitos da Mulher na Câmara Municipal de Salvador, reconhece a importância de promover e participar de ações que trazem a conscientização para os munícipes, quanto as formas de abuso acometidos às mulheres, como a violência patrimonial, violência sexual, violência física, violência moral e violência psicológica, categorizadas na Lei Maria da Penha.

“Dados registram que muitas pessoas ainda têm dificuldades em identificar os tipos de abusos que acometem o público feminino. O nosso objetivo é fazer com que as mulheres identifiquem as formas de violências, conheçam as maneiras de ter o atendimento e o socorro em caso de violência, e ainda protegerem as outras”, explicou Rogéria.

O ato público propôs uma caminhada em torno do Dique do Tororó, que culminou com a marcha do turbante e contou com a presença da Ronda Maria da Penha, Secretaria de Políticas para as Mulheres Infância e Juventude (SPMJ) e Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), além de lideranças comunitárias.

“A SPMJ junto ao Centro de Referência de Atenção à Mulher Loreta Valadares, estão abertos para receber as mulheres, que infelizmente, sofrem violências. O centro funciona de segunda à sexta, das 7h às 19h. As mulheres podem chegar por demanda espontânea ou encaminhada pelas Deams, onde fazemos o acolhimento com psicólogos, apoio jurídico e assistência social” explicou a psicóloga que atua no Centro, Aline Lima.

Rogéria Santos tem atuado em combate à violência contra a mulher, com ações que englobam proposituras na câmara e movimentos em comunidade, como o ciclo de palestras Operação de Combate à Violência Contra a Mulher: Não Aceita Que Dói Menos.

Na Câmara, a republicana possui em tramitação projeto de indicação que sugere a implantação de um Centro de Referência de Atendimento à Mulher em situação de violência (CRAM) na região do subúrbio, entre outros projetos.

Texto: Izabela Silva / Ascom – vereadora Rogéria Santos
Fotos: Silas Silva
Edição: Agência PRB Nacional

 

Envie seu material para o PRB Mulher Nacional pelo e-mail mulherempauta@prbmulher10.com.br. Conte pra gente as ações que as republicanas do PRB estão realizando em sua cidade, será interessante divulgar essas atuações no portal.